Bioinformática: ciência de fronteira que faz a ponte entre exatas e biológicas
Bioinformática: ciência de fronteira que faz a ponte entre exatas e biológicas
Talk: Bioinformática: ciência de fronteira que faz a ponte entre exatas e biológicas Software Livre
#CPMG #INOVACAO
Mais informações
Descrição:

Imagine uma ciência cuja rotina é processar dados em 60 núcleos de processamento, construir grafos de 15.000 nós, simular estruturas tridimensionais de proteínas e reconstruir sequências de DNA a partir de dezenas de milhares de fragmentos. E tudo isso usando softwares livres. Esse é o cotidiano do bioinformata, um cientista que transita entre a Biologia, a Química e a Computação. Nesse painel daremos um panorama geral sobre do que trata essa ciência, mostrando seu potencial interdisciplinar, que agrega pesquisadores tanto da área de exatas quanto de biológicas.


Palestrantes:

Carlos Henrique Miranda Rodrigues:
Bacharel em Sistemas de Informação pela Unimontes no norte de Minas onde atuou na área de desenvolvimento de sistemas para a internet e com análise de sistemas. Atualmente está no segundo ano do mestrado em Bioinformática com ênfase em biologia estrutural e análises computacionais do efeito de mutações em proteínas, utilizando modelos preditivos de aprendizado de máquina."

Frederico Gonçalves Guimarães:
Biólogo e, atualmente, professor da rede pública municipal de Belo Horizonte, onde trabalha no desenvolvimento do GNU/Linux utilizado nas escolas municipais. Ativista do movimento de software livre desde 2000, onde atua na tradução, especialmente de softwares educacionais. Atualmente é aluno de mestrado na Fiocruz Minas, onde trabalha com redes de interações de proteínas.

Grace Tavares:
Bióloga, bacharel pelo Centro Universitário UNA-MG, com ênfase em Biotecnologia e Meio Ambiente (2013) e Mestre em Ciências, com área de concentração em Genômica funcional, evolução e filogenômica, pelo programa de pós-graduação em Biologia Computacional e Sistemas do Instituto Oswaldo Cruz-Fiocruz-RJ (2016). Atualmente é aluna de Doutorado pelo mesmo Programa. Tem experiência nas áreas da Biologia Celular e Molecular, Microbiologia e Bioinformática, atuando principalmente na identificação e caracterização do papel biológico de Proteínas e Regiões Intrinsecamente Desordenadas.

Leilane Oliveira Gonçalves:
Bacharel em Ciências Biológicas com ênfase em Biotecnologia e Meio Ambiente pelo Centro Universitário UNA. Atualmente é aluna de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde pela Fiocruz Minas, trabalhando com análises de transcriptoma.


Nível:

Iniciante

Comentários

Lembre-se que para comentar você deve participar da atividade.

Sobre esta atividade