Cookies disclaimer

I agree Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies, que são necessários para seu funcionamento e necessários para alcançar os propósitos ilustrados na política de cookies. Se quiser saber mais ou retirar o seu consentimento para todos ou alguns dos cookies, consulte a política de cookies. Ao fechar este banner, deslocando esta página, clicando em um link ou continuando a procurar de outra forma, você concorda com o uso de cookies.

Campuse.ro
Da sala de aula para o mundo #CPBA
Da sala de aula para o mundo #CPBA
Talk: Da sala de aula para o mundo #CPBA Empreendedorismo
Mais informações
Descrição:

Universidades Empreendedoras tornam-se um celeiro de boas ideias e projetos que mudam o mundo. Neste painel apresentaremos cases de sucesso oriundos de Universidades e saberemos como as instituições de ensino apoiaram no seu desenvolvimento. Contaremos com a participação de idealizadores de startups de referência nacional que estão mudando o Brasil e que surgiram do ambiente universitário.



Palestrantes:

Juliana Caminha Noronha, professora de Empreendedorismo/Marketing e diretora de Empreendedorismo da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI). Carrega cadeiras e mobiliza ecossistema empreendedor. Graduada em Marketing (ESPM) e em Administração (UNIFEI), Mestrado em Novos Produtos e Inovação pela UNIFEI, Especialização em Desenvolvimento de Produtos/Serviços pela FGV, Formação em Trendhunter pela University of Arts London (UAL) e Habilitação em Educação Empreendedora pela Babson School. Foi idealizadora e organizadora do 1o Startup Weekend Universitário do país e Co-Criadora do Maker Hacklab premiado pelo Round of Entrepreneurship Education BR. Apaixonada por projetos empreendedores, atualmente coordena um Programa de Educação Empreendedora (PET), dois incríveis projetos tecnológicos (Ex Machina e Cheetah E-racing) e o LAB001- programa de pré- aceleração de startups de hardware e hard-sciences da Universidade. 



Jones Albuquerque - Jones Albuquerque é professor no Dept. de Estatística e Informática-UFRPE, co-fundador junto com Onício Leal Neto da www.epitrack.tech, pesquisador no Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami-UFPE e no Instituto Nacional de Engenharia de Software-CNPq. Tem doutorado em Computação e fez pós-doutoramento no BarcelonaTech - www.pmt.es, no qual trabalha com o combate à Malária até hoje. Entre outras coisas, viajou o litoral NE do Brasil de bicicleta (3.400km), plantou 18.317 mudas de floresta nativa por 10 anos em 5 hectares (onde construiu sua própria casa usando Google) e, há 9 anos, tornou-se triatleta amador de longa distância por convicção. Tem pretensão de criar uma búfala, como animal de estimação, e chamá-la de Gertrudes, mas ainda continua na pretensão.



Giovani de Oliveira - Técnico em Mecânica formado no Instituto Federal do Espírito Santo, estudante de Engenharia na Faculdade do Centro Leste. Integrante da Associação Comunitária e Social de Esporte e Lazer de Jardim Limoeiro (bairro da Serra - Município vizinho a capital Vitória). Há 6 anos, participa de eventos em todo o país para promover a inovação como representante do Ministério da Educação. Empresário no ramo didático: Desenvolve e comercializa kits didáticos que promovem, de forma inovadora, o ensino e a aprendizagem.



Danielle Bezerra - Contadora de Histórias, Empreendedora e Educadora Social, Coordenadora Voluntária na Associação Empreendeler: empreendeler.org, CEO Startup TemÁgua, Diretora da Rede Ela Empreendedora, Gestora de Projetos e Mentora no Células Empreendedoras, Mentora InovAtiva. Secretaria Executiva pela UFPE, Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas pela FG, Certificação Internacional pela Dale Carnegie Training em Relações Humanas, Comunicação e Liderança.



Ângela Maria Paiva Cruz -  Professora de Lógica do Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN e atual Reitora da Universidade em seu segundo mandato, elegeu o empreendedorismo e a inovação entre as prioridades de sua gestão. Foi a Coordenadora-Geral do Programa de Reestruturação e Expansão (REUNI) na UFRN e apoiou a criação do Programa de Incubadoras na Instituição, que conta hoje com sete incubadoras, duas das quais são dedicadas à economia solidária. A criação do Instituto Metrópole Digital, que abriga a maior incubadora de startups – a INOVA, teve o apoio da sua gestão e ajudou a transformar a própria UFRN em um case de sucesso em inovação. É esse projeto bem-sucedido que dá sustentação à recente criação do PARQUE TECNOLÓGICO METRÓPOLE.



 



Nível:

Profissional

Comentários

Lembre-se que para comentar você deve participar da atividade.

Sobre esta atividade