Cookies disclaimer

I agree This website or its third party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer to the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies.

Campuse.ro
O sucesso de 3%, a primeira série brasileira no Netflix.
O sucesso de 3%, a primeira série brasileira no Netflix.
Talk: O sucesso de 3%, a primeira série brasileira no Netflix. Game
#ENTRETENIMENTO #CPBR10
More Information
Description:

A ideia original da série 3%, que surgiu de um projeto feito por estudantes do Curso Superior do Audiovisual do CTR da ECA/USP. Nesse painel vamos conhecer a trajetória de desafios e conquistas dessa série; aspectos de tecnologia e linguagem audiovisual presentes na produção e conceitos de distopias como linguagem estética.


Speakers:

Pedro Aguilera Fernandes - Criador e Roteirista
Daina Liane Giannecchini - Diretora
Dani Libardi - Diretora
Jotagá Crema - Diretor e Roteirista
Almir Almas - LabArteMidia e CTR/ECA/USP


Pedro Aguilera é roteirista formado na ECA-USP. Criou e é roteirista de 3%, série da Netflix. Desde 2007 escreve para TV em projetos como SOS Fada Manu (Gloob), Historietas Assombradas (Cartoon Network, TV Brasil), Vida de Estagiário (Warner Channel) e Sítio do Picapau Amarelo (Globo). Escreveu o longa-metragem Copa de Elite (Fox Filmes) e os longas La Vingança e Historietas Assombradas, que serão lançados 2017.


Daina Giannecchini é diretora de 3%, primeira série brasileira original da Netflix. Graduada em 2011 no Curso Superior do Audiovisual da ECA/USP, atua como diretora e produtora em projetos de cinema e tv.


Dani Libardi é diretora, artista plástica, feminista e piracicabana vivendo em São Paulo.


Jotagá Crema é roteirista e diretor. Trocou o curso de Engenharia Mecatrônica para se formar no Curso Superior do Audiovisual da Universidade de São Paulo em 2010. Trabalha em com criação, roteiro e direção desde 2007. Co-criou e roteirizou o especial "Dia do Beijo" (Multishow, 2009). Desenvolveu a bíblia e foi um dos diretores do piloto da websérie "3%" (TV Brasil e Youtube, 2010), vencedora do edital FIC-TV e premiada no Festival Internacional de Televisão 2010, com mais 1,2 milhões de vizualizações totais no Youtube. Roteirizou episódios da animação "Sítio do Picapau Amarelo" (TV Globo, 2012). Dirigiu o curta-metragem "O Segredo dos Adultos" (2014), vencedor do edital Concurso de co-patrocínio à Produção de Filmes de curta-metragem da prefeitura de São Paulo. Foi um dos criadores, um dos roteiristas e um dos diretores da série "Experimentos Extraordinários" (Cartoon Network e Futura 2014, Netflix 2016), co-criou e desenvolveu o projeto "Cinelab" (Universal Channel, 3 temporadas: 2014, 2015 e 2016), co-criou, desenvolveu e foi um dos roteiristas da série de animação "S.O.S. Fada Manu” (Gloob, 2 temporadas: 2015 e 2016, indicada ao Emmy Kids 2016). Co-criou e desenvolveu a bíblia da série de animação “Papaya Bull” (Nickelodeon, estreia em 2017). Dirigiu dramatizações de episódios da série "A Grande Luta" (HBO/Cinemax, 2016). Foi diretor geral da série "O Zoo da Zu" (Discovery Kids, 2016). Desenvolveu a bíblia, foi um dos roteiristas e um dos diretores da série “3%”, primeira série Original Netflix brasileira em 2016, com segunda temporada em produção.


Almir Almas: Cineasta, VJ, videoartista. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP, Professor e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais e do CTR/ECA/USP. Membro do Coletivo de Arte Cobaia, do Grupo Era Transmídia e é Vice-Diretor de Cinema da Diretoria da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão. Pesquisa e realiza trabalhos em televisão digital, interatividade, cinema, videoarte, arte eletrônica, intervenção urbana e cultura japonesa. Foi bolsista no Japão, com atuação em produção televisiva (AOTS/ABK e MITI/Governo do Japão), em 1993/1994; e Fundação Japão, em 1999. Possui publicações em TV, cinema, vídeo, arte & tecnologia e poesias. Dentre as publicações, destaque para o livro "Televisão digital terrestre: sistemas, padrões e modelos", publicado pela Alameda Editorial, em 2013.


Level:

Beginner

Comments

Remember that to comment you must participate in the activity.

About this activity