Cookies disclaimer

I agree This website or its third party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer to the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies.

Campuse.ro
Sexismo nos campos de justiça - o posicionamento de marca interferindo na jogabilidade de League of Legends
Sexismo nos campos de justiça - o posicionamento de marca interferindo na jogabilidade de League of Legends
Talk: Sexismo nos campos de justiça - o posicionamento de marca interferindo na jogabilidade de League of Legends Game, Marketing / Social Networking, Other
#CPBR10 #CAMPUSEIROCURADOR
More Information
Description:

Durante o ano de 2016, foi realizada uma pesquisa que avaliasse como os jogadores de League of Legends se relacionam com a marca Riot Games e percebem o seu posicionamento diante de situações de sexismo identificada em seus servidores. A pesquisa ouviu cerca de 800 jogadores ao redor do globo, na intenção de validar a hipótese de que a abstenção da empresa diante de práticas sexistas interfere diretamente na vida de seus consumidores e na forma/frequência com que estes consomem o produto (League of Legends). Para análise, foram utilizados conceitos de gênero das autoras Joan Scott, Rose Marie Muraro, Andrea Brandao e Marina Castañeda, além dos conceitos de marketing e responsabilidade social das marcas de Philip Kotler.


Speakers:

Maria Luiza Petranski Arantes


Level:

Beginner

Comments

Remember that to comment you must participate in the activity.

About this activity