Cookies disclaimer

I agree Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies, que são necessários para seu funcionamento e necessários para alcançar os propósitos ilustrados na política de cookies. Se quiser saber mais ou retirar o seu consentimento para todos ou alguns dos cookies, consulte a política de cookies. Ao fechar este banner, deslocando esta página, clicando em um link ou continuando a procurar de outra forma, você concorda com o uso de cookies.

Campuse.ro
Hackeando Dados Públicos com Python #CPBR11 #COMUNIDADES #SOFTWARELIVRE
Hackeando Dados Públicos com Python #CPBR11 #COMUNIDADES #SOFTWARELIVRE
Workshop: Hackeando Dados Públicos com Python #CPBR11 #COMUNIDADES #SOFTWARELIVRE Software Livre
Mais informações
Descrição:

No workshop/palestra iremos responder as perguntas. Quanto o Brasil gastou na Copa do Mundo. Quantas escolas públicas existem, em funcionamento, sem água, luz e esgoto. Como é a evolução do PIB do Brasil, comparado ao do Chile e Uruguai. Quais são as postagens no Twitter em uma determinada região. Como extrair um texto de um PDF. Como é a evolução das menções da palavra "corrupção" no acervo da Folha. 3. Problemas interessantes, mais demorados: Análise das emendas propostas pelos deputados estaduais durante uma legislatura. Listar os funcionários da UFRJ com ganho salarial acima do teto. Evolução da violência contra a mulher. Mapeamento dos refugiados venezuelanos no Amazonas e Roraima. Será que o Uber tem um serviço melhor nas regiões mais ricas de sua cidade". Alguns exemplos que usam Dados Públicos: Os Discursos da Dilma, Brasil317, Instituto Constituição Aberta, Operação Serenata de Amor.



Palestrantes:

Fernando Massanori - Professor da FATEC São José dos Campos, adora dar aulas, graduado em Computação pelo IME-USP, mestrado pelo ITA. Já desenvolveu projetos para Credicard Mastercard e Itaú BankBoston. Nos dois últimos anos deu mais de cem palestras e minicursos, na comunidade Python, viajando pelo Brasil e outros quinze países. É o criador do Python para Zumbis Ministrou cursos de Raspagem de Dados para jornalistas na Editora Abril, Folha de SP e LabJor Unicamp. E para o público geral em Maceió (OxE Hacker Clube), Salvador (Raul Hacker Clube), São Paulo (Coletividad), Manaus (Coletivo Difusão), USP São Carlos, Federal de São Carlos, UDESC Joinville.



Nível:

Iniciante

Comentários

Lembre-se que para comentar você deve participar da atividade.

Sobre esta atividade