Cookies disclaimer

I agree This website or its third party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer to the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies.

Campuse.ro
Para seu próximo projeto IOT: Android Things ou Linux Embarcado? #CPBR12
Para seu próximo projeto IOT: Android Things ou Linux Embarcado? #CPBR12
Talk: Para seu próximo projeto IOT: Android Things ou Linux Embarcado? #CPBR12 IoT, Maker/Hw, Other
More Information
Description:

Uma das formas mais rápidas de construir componentes para um ecossistema IOT é utilizando Linux Embarcado, levando em consideração todas as funcionalidades e controladores disponíveis nesse grande projeto de código aberto. Nos dias atuais ainda temos uma maior facilidade dos sistemas de build que criam distribuições inteiras com configurações otimizando seus objetivos. Ainda dentro dessa área de Linux Embarcado para IOT temos as propostas do Android Things da Google e Sphere OS da Microsoft, com ainda mais ferramentas e facilidades para o desenvolvimento do seu ecossistema. O objetivo da nossa conversa é adicionar um debate de prós e contras da utilização de uma distribuição de Linux Embarcado e a utilização do Android Things fornecida pela Google, demonstrando oi uso em uma Raspberry Pi.



Speakers:

Matheus de Barros Castello - Matheus de Barros Castello

Cientista da Computação atuando desde 2013 nas áreas de sistemas embarcados, Android e Linux Embarcado. Trabalhou diretamente com o Kernel Linux embarcado em modelos de smartphones e tablets Samsung comercializados na America Latina. Colaborador upstream no Kernel Linux para o controlador de GPIO da família de processadores utilizados nos Raspberry Pi. Palestrante FISL 2018 e Linux Developer Conference Brazil 2018.


Level:

Beginner

Comments

Remember that to comment you must participate in the activity.

About this activity